logomarca

Sobre a Igreja

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

Nisto Cremos:

 

1.    Deus é soberano e tem chamado do mundo um povo para si, enviando-o novamente ao mundo para fazer discípulos de todas as nações. E que apesar de nossas falhas, Seu reino está se expandido.

 

2.    Afirmamos a Palavra de Deus como inerrante e infalível, sendo ela apenas, sob o poder do Espírito Santo, capaz de operar a salvação em cada cultura.

 

3.    Jesus Cristo - Afirmamos que só existe um salvador, Jesus Cristo, e um só evangelho, embora haja uma variedade de maneiras de se realizar a obra de evangelização do mundo.

 

4.    A evangelização em si mesma é a proclamação do Cristo bíblico e histórico como Salvador e Senhor, com o propósito de persuadir os homens, para que por intermédio Dele recebam perdão de pecados e reconciliem-se com Deus.

 

5.    Afirmamos que a reconciliação do homem com o homem não significa a reconciliação deste com Deus, nem a ação social, nem a evangelização. “A fé sem obras é morta”, e é nosso dever cristão amparar os necessitados indiscriminadamente.

 

6.    A igreja ocupa o ponto central do propósito divino e ela é o instrumento para difusão do evangelho. A evangelização requer que a igreja toda leve a todo o mundo o evangelho integral em trabalho mútuo de cooperação.

 

7.    Evangelização – O propósito de Deus é que haja na igreja uma unidade visível de pensamento. Revelando assim o caráter universal da igreja de  Cristo.

 

8.    Conflito espiritual – Cremos que estamos envolvidos em guerra constante contra os principados e potestades do mal, que buscam destruir a igreja e malograr sua tarefa de evangelizar o mundo, semeando falsas doutrinas e mundanismo em nosso meio. O momento demanda vigilância e discernimento.

 

9.    Liberdade e perseguição – A liberdade de praticar e propagar o cristianismo de acordo com a vontade de Deus é um direito nosso, conforme a Declaração Universal dos Direitos Humanos, mas não devemos nos esquecer de que Jesus nos advertiu de que a perseguição seria inevitável.

 

10.     O poder do Espírito Santo – A evangelização mundial só se concretizará com uma igreja cheia do Espírito Santo, sendo Ele quem convence o homem do pecado.

 

11.     O retorno de Cristo – Afirmamos que a promessa da segunda vinda de Cristo representa um incentivo a evangelização. Cremos que o período intermediário entre sua ascensão e o seu segundo retorno deve ser usado para o cumprimento da nossa missão como Povo de Deus. A obra missionária não poderá parar enquanto Ele não vier.

 

12.     Cremos que cada geração é responsável pela sua geração, esta é à hora da igreja orar fervorosamente visando à evangelização total do mundo.

 

Pontos Bíblicos e a doutrina do Senhor

A Nova Terra 

Ao se cumprirem os mil anos de Reinado Messiânico, Satanás será solto de sua prisão e sairá a enganar as nações que estão sobre a Terra para uma batalha definitiva contra Yeshua HaMashiach, o Messias Jesus e Seu trono na Jerusalém terrena. Fogo de Deus descerá do céu e os consumirá. Os ímpios ressuscitados serão julgados no Juízo Final e lançados no Lago de Fogo para a segunda morte. A própria morte então será destruída. Por fim, a Terra fica totalmente purificada e a santa Jerusalém desce dos céus (Apoc.20 e 21). Aí começa o mundo .

 

Arrependimento e Remissão 

Cremos na necessidade do arrependimento de pecados, de total submissão e obediência a Deus mediante o reconhecimento da Nova Aliança e a aceitação de Yeshua ( Jesus ) como o Mashiach ( messias ) e Salvador de todos os povos  (Judeus e gentios), para a obtenção do perdão e purificação de todos os pecados.

 

Batismo (Imersão em águas) 

Realizada por imersão, em nome de Yeshua HaMashiach (Jesus o Messias e Filho de Deus), nos assegura a condição de participantes da Nova Aliança celebrada com Seu Povo Israel e o ingresso na Oliveira (Israel) de gentios convertidos, que deixam de ser estrangeiros. Por este batismo, alcançamos a completa remissão dos pecados. Simboliza morte, sepultamento e ressurreição com  Jesus (At 2:38; Rm 6:3-6)

 

Revestimento com os dons de Ruach HaKodesh, o Espírito Santo  

Após a imposição de mãos dos líderes congregacionais o discípulo poderá receber qualquer um ou mais de um dos nove dons espirituais, que poderão se manifestar no momento ou posteriormente, dependendo da vontade de Deus. Nem todo o discípulo "batizado" com o Espírito Santo, tem necessariamente que falar em línguas. Pode receber qualquer um dos dons e está "batizado" com o dom recebido (Atos 19:6; I Cor. 12:4-11, 28-30; 14:26, 27, 39, 40).

concessão de Ruach HaKodesh, iniciada em Shavuot (Pentecostes) cumpre plenamente a profecia de Joel 2:28, 29 e além de conceder poder e autoridade aos apóstolos e discípulos para expandir a mensagem, possibilitou a internalização da Torah (Lei) nos israelitas na Nova Aliança, de modo a que cumprissem com mais dedicação com os mandamentos do Eterno (Jr. 31:31-34; Ez 36:26, 27).

Cremos nos nove dons mencionados por Paulo, o apóstolo dos gentios, que são distribuídos na Igreja e manifestos segundo a vontade de Deus em tempos oportunos e necessários (1 Cor. cap. 12 e 14).

 

Imortalidade Condicional 

O homem é mortal (perdeu o acesso à árvore da vida no Éden) e só poderá viver eternamente se aceitar o sacrifício do Mashiach Yeshua (Jesus, o Messias). Na morte, dorme inconsciente no pó da terra. Só reviverá na primeira ressurreição (Apoc. 20:4-6) para a vida eterna na vinda do Mashiach Yeshua ou para juízo, na segunda ressurreição, após os dias do Messias, o Milênio.

 

Morte de Jesus na quarta-feira  

Cremos que Jesus, após Sua morte passou três dias e três noites no seio da terra, ressuscitando no final ou pôr-do-sol do sábado (Mateus 12:40; 28:1-6).

 

Reino Milenar Messiânico  

Cremos que na vinda do Mashiach Yeshua (Messias Jesus) os santos mortos ressuscitarão e os santos que estiverem vivos, serão transformados recebendo imortalidade, e juntos recepcionarão o Senhor que será entronizado em Seu trono messiânico em Jerusalém, assumindo o governo da terra. Os santos serão reis e sacerdotes e juntamente com o Mashiach Yeshua governarão as nações. Estas nações têm origem no restante ou sobreviventes da chamada "Batalha do Armagedom". O remanescente de Israel e os demais sobreviventes servirão ao Senhor na condição de humanos. O Milênio é literal, sendo um período de transição da Terra, do estado atual ao paradisíaco do Éden, o Olam Habah (mundo vindouro). (I Tess.4:15-17; Jer. 23:5; Lucas 1:31-33; Apoc. 5:10; 20:1-6).

 

Ceia do Senhor

 

Realizado para lembrança da morte e ressurreição de Jesus e a Remissão dos pecados dos Homens. A festa não apenas nos faz olhar para trás, para o sacrifício dele, mas também nos impulsiona a olhar para frente, com esperança. Ao lembrarmos a sua ressurreição, estamos sempre lembrando que isso é uma promessa da nossa própria ressurreição - e assim anunciamos "a morte do Senhor, até que ele venha". Com a lembrança de seu sacrifício por nós, a esperança de uma recompensa celestial e a sua palavra a nos orientar, como é possível falharmos.

Celebramos com o fruto da vide e os pães Asmos  a Matzá ( sem fermento ), rigorosamente supervisionado para não antecipar nem exceder os 18 minutos a ser levado ao forno para não ocorrer  fermentação natural.

Lava Pés   João 13 II timóteo 5:10.

 

 

Códigos de ética Bíblicos, e nossa prática de fé

 

  1. Somos monoteístas e cremos que D’us ‒ um e único (Dt 6:4; Mc 12:29) ‒ criou todas as coisas (Gn 1:1) para o Seu louvor (Sl 148).

 

  1. Cremos na plena divindade (Cl 2:9) de Yeshua haMashiach (Jesus, o Cristo), o Filho primogênito (Rm 8:29) e unigênito de D’us (Jo 3:16; Hb 11:17) e expressão máxima de Sua presença manifesta em forma plenamente humana (Rm 5:15).

 

  1. Cremos no Espírito Santo de D’us e na manifestação e diversidade de dons e ministérios (Ex 31:3; At 2; 1Co 12).

 

  1. Cremos na veracidade, na inspiração divina, na validade atual e na autoridade exclusiva e inquestionável das Escrituras Sagradas (2Tm 3:16), entendidas como o conjunto de todos os livros dos chamados Antigo e Novo Testamentos – Tanach e Brit Chadashá. Fora estes, não há outro livro sagrado, canônico ou dotado de autoridade inquestionável.

 

  1. Cremos que a redenção e salvação eterna somente podem ser alcançadas mediante o sacrifício vicário de Yeshua (At 4:12), independente de o indivíduo ser judeu ou não judeu.

 

  1. Somos membros do Corpo de Cristo (1Co 12:12-27) ‒ a Igreja ‒ e, dessa forma, interagimos com os demais membros desse Corpo a favor do Corpo, procurando a unidade e a comunhão entre os seguidores de Yeshua, sejam judeus ou não.

 

  1. Conforme as Escrituras, judeus e não judeus constituem a família de D’us em Cristo (Ef 2:19): os gentios crentes em Cristo são enxertados na “oliveira” ‒ Israel ‒ e os judeus crentes em Cristo são reenxertados em sua própria raiz (Rm 11). Assim, judeus e não judeus participam da “seiva” ‒ bênçãos e promessas ‒ da mesma “oliveira”.

Observancias

  1. A Igreja Cristã não substituiu o povo de Israel, como declara a falsa Teologia da Substituição, reforçada pelos concílios romanos. Israel, enquanto nação, possui sim um chamado ou vocação irrevogável (Ex 19:6; Jr 31:31,35-36; Rm 11:29).
  2.  
  3.  
  4. Conforme as Escrituras, o judeu crente em Yeshua deve preservar sua identidade judaica (At 21:20;28:17, por exemplo).
  5.  
  6.  
  7. Conforme as Escrituras, o gentio crente em Cristo, permanece gentio e está livre de qualquer imposição de tradições ou leis bíblicas específicas ao povo judeu, devendo também preservar sua identidade, sem se converter ao judaísmo e sem tornar-se judeu (At 15).

 

 Ministério Missão Campinas para Cristo,  A Comunidade da Família de Deus

 Uma obra dedicada ao Senhor Jesus e a união do corpo de Cristo.

 

Pastor Responsável:

Pr. Fabio Ben Yehudah – (19) 3396-7000

 

Para reclamaçãoe e insatisfações, favor encaminhar  para :

 

E-mail: presidencia@comunidadedafamiliadedeus.com.br

 

 

Endereços:

 

Sede Nacional 

Valinhos - SP

Rua das Gardênias, 105

Cecap - Valinhos - Na rua do Supermercado ASP

Em frente ao colégio Cecílioa Meireles

Cultos:

Terça-Feira: 19:30h Campanha

Quarta-Feira:  das 08:00 as 09:00h

Quinta-Feira: 19:30h Libertação

Sexta-Feira 15:00h Cura interior

Domingo: 19:00h Culto da Familia 

Domingo: 09:30h Curso Bíblico Gratuito

 

 

Jardim Aurélia:

Avenida Império do Sol Nascente, 824 jardim Aurélia - Campinas

Cultos:

Terça-Feira 07:00h e ás 19:30h Campanha

Quarta-Feira 15:00h Cura Interior

Quinta-Feira 19:30h Libertação

Domingo 07:00h e ás 19:00h Família

Domingo 09:30h  Curso Bíblico Gratuíto

Telefone: 19 3396-7000

 

 

Distrito Ouro Verde - Campinas

Rua Plácido Soave 160

Atraz do terminal Ouro Verde, a Rua de Acesso ao estacionamento Hort-Shopping 

Segunda-Feira 15:00h Cura Interior

Quarta-Ferira: 19:30h Campanha

Sexta-Feira: 19:30h Libertação

Domingo: 19:00h Família

Domingo: 09:30h Curso Bíblico Gratuito

 

 

 

 

 

 

Conta  da Igreja, Ofertas, Dízimos e Obra Missionária:

Caixa Economica Federal ou Casas Lotéricas.

Ag. 4004

Operação: 003

Conta Jurídica: 1736-9

Igreja Comunidade da Família de Deus

CNPJ:19.986.562/0001-84 

 

Ou PIX:

Celular 19 991639943 

CNPJ 19986562000184

Deixe seu comentário
  • Wagner Vercellino (oficialwagner@outlook.com) 2019-03-06 08:56:25:
    Analisando a pagina Nisto cremos digo que concordo plenamente nesta crença. Estou em Boituva e preciso saber como assistir culto pela internet. Pr. Fábio é judeu messianico?
  • Clayton Torquato Maurício (clayton05@bol.com.br) 2018-11-01 14:53:36:
    Se o sábado é o santo dia do Senhor, porque não se tem cultos aos sábados na Igreja Comunidade da Família de Deus?
  • Melry (melry.luiz@hotmail.com) 2016-04-22 11:30:46:
    achei muito interessante atos 2:38 me animou tambem o circulo de oração mulheres.breve estarei cultuando a DEUS com os irmãos isso na permissão divina.

Parceiros

Culto ao Vivo Web Radio Rádio Logus Web Difusora TV